VI CONFRATERNIZAÇÃO DE MISSÕES HERÓIS DA FÉ EM GRAVATAÍ/RS

0
288
Irmãos haitianos que cooperaram no culto

O Ministério Restauração da Área Gravataí/RS promoveu, no primeiro final de semana de dezembro de 2018, a sua VI Confraternização de Missões Heróis da Fé. O Departamento de Missões da Área, liderado pelo Pb. Cleverson Rocha, juntamente com os promotores de Missões das congregações, definiram como tema do evento o versículo registado em Salmos 2.8: “Pede, e Eu te darei as nações como herança e os confins da terra como tua propriedade”.

No sábado, a igreja já estava reunida desde o período da manhã, em consagração. À tarde, foi realizado um culto missionário, com momentos de clamor pelos projetos com os quais a igreja de Gravataí contribui: projetos Índia, Nepal, Uruguai e África. Na oportunidade, o Pr. Sílvio Machado – Vice-Presidente Financeiro da AME Heróis da Fé – ministrou a Palavra de Deus baseado em Tiago 1.19-22, e relatou para a igreja sobre o novo momento da obra missionária que os países dos Estados Unidos e Portugal estão vivendo.

No culto da noite, a igreja de Gravataí teve a oportunidade de acompanhar o trabalho em Moçambique por meio do vídeo enviado pelo Missionário Sandro Paixão, que trouxe um relato do que tem acontecido naquela igreja. O irmão Silas Pascal foi o preletor desta noite. Baseado em Romanos 10.17, discorreu sobre a fé e a Palavra como nutrientes gerados para nos sustentar quando entendemos sua real importância espiritual em nossas vidas. O pregador trouxe também à igreja um relato sobre o trabalho desenvolvido entre estrangeiros na igreja brasileira, mostrando os desafios e necessidades dessa obra.

O coral de irmãos haitianos que congregam na IPAD Restauração da Zona Norte de Porto Alegre participaram, louvando a Deus. A presença divina foi derramada poderosamente enquanto esses servos de Deus adoravam ao Senhor.

No domingo à noite, o culto de encerramento foi marcado pela evidente presença de Jesus Cristo. Assim como no sábado, a igreja de Gravataí viajou ao campo missionário por meio de vídeo, dessa vez com o relato da missionária Mari e do missionário Rodrigo, ambos do país da Índia, que falaram tanto sobre as dificuldades encontradas naquele trabalho, quanto sobre portas e avanços que o Senhor tem propiciado no trabalho realizado especialmente entre as crianças daquela nação. Os pequenos, juntamente com seus familiares, estão sendo alcançados pela mão de Deus!

O missionário Roberto Martins, do Uruguai, deu seu relato sobre a obra naquela nação, enfatizando que, apesar das dificuldades e barreiras, em tudo está a mão de Deus agindo. Apresentou também o trabalho desenvolvido no sistema prisional, recentemente implantado, sob a direção do irmão José, um guerreiro que, mesmo com deficiência física, tem se empenhado nesta obra.

Na ocasião, o missionário Ramesh ainda falou sobre o Nepal, trazendo ao conhecimento da igreja a proibição do evangelho naquela nação, o que tem ocasionado muita perseguição e morte de pregadores do evangelho naquele país, deixando o pedido para que a igreja clame também pelo país do Nepal.

A gerente da AME Heróis da Fé, irmã Ivoneide Machado, deixou para a meditação da igreja o que está escrito em Atos 1.8 e relatou sobre como tem sido o trabalho da Heróis da Fé e os desafios enfrentados.

Além dos missionários, estiveram louvando a Deus os corais da Juventude Geração Eleita, União Feminina, Cavalheiros e Infantojuvenil da Área.

O Pb. Cleiton Bierman esteve incumbido de ministrar a Palavra de Deus no culto de encerramento. Fazendo menção a Filipenses 2.5-8, falou sobre a situação da igreja de Filipos, que era uma igreja que não possuía grandes riquezas, mas tinha de Deus a ordem de avançar e ultrapassar as fronteiras. “A igreja de hoje não pode só ouvir o gemido das almas, mas precisa ultrapassar as fronteiras e suprir essas necessidade. Para isso, precisa se esvaziar de si mesma e se encher de Deus, a fim de entender realmente essa revelação”, alertou o pregador, complementando ainda com experiências missionárias vividas em Portugal.

A igreja de Gravataí já tem colhido os frutos desse trabalho, principalmente com o sentimento mais profundo de estender a mão à obra missionária, com o objetivo primordial de que mais almas sejam resgatadas para Jesus.

Acompanhe, a seguir, imagens deste evento:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here