País: Argentina
Estado/Província: Misiones
Cidade: Campo Grande


Nome:
Luiz Ervino Knass
Data de Nascimento: 30/08/1956
Nacionalidade: Argentina
Natural: Campo Grande
Esposa: Susana Irene Lopes
Data de Nascimento: 02/01/1980
Nacionalidade: Argentina
Natural: Oberá

Leia a seguir o testemunho do Missionário Luis Ervino Knass:

Saudações em Cristo Jesus, Nosso Salvador!

Meu nome é Luiz Ervino Knass, nasci no dia 30/08/1956, na cidade de Campo Grande – Província de Misiones – Argentina. Meus pais não eram cristãos, mas sempre tive um certo temor de Deus em meu coração desde criança. Durante o tempo em que vivi sem Jesus, passei por muitas tribulações e desespero profundo. Por muito tempo, andei no mundo sem rumo, e sem Cristo. Vivia muito triste.

Minha vida começou a piorar no ano de 1982. Nessa ocasião, sofri um gravíssimo acidente: um caminhão desgovernado, em alta velocidade, chocou-se contra o meu automóvel na estrada. Perdi a esposa e um filho que estava no seu ventre. Foi uma situação muito difícil para mim na época. Não estava conseguindo suportar tanta dor. Logo em seguida, aproximadamente oito meses depois, minha filha pequena caiu em um poço de água e acabou morrendo afogada.

Não sei por quanto tempo sobrevivi como que se estivesse anestesiado. Nem sei explicar direito. Tentava reagir e encontrar alguma esperança para poder viver, entretanto, não conseguia. Permaneci por anos sem encontrar consolo para minha vida.

As pessoas se aproximavam tentando oferecer consolo, mas não adiantava. Eu estava destruído interiormente. Outras pessoas, de má índole, também se acercavam de mim, mas, no final, causavam-me mais prejuízo devido a sua maldade. A procura pela felicidade levou-me a muitas religiões, e não cheguei a lugar algum. Permaneci um período de tempo entre os Testemunhas de Jeová, mas também não encontrava consolo.
Sem alento e sem conforto, adentrei a um templo de uma igreja evangélica. Ouvi a pregação, os louvores, e tudo tocava o meu cansado coração. O que por muito tempo busquei, encontrei neste dia. Sem duvidar, aceitei a Jesus! Jesus me encontrou! A minha felicidade estava de volta! As coisas em minha vida logo começaram a melhorar. Tudo começou a mudar. O tempo foi passando, e logo Jesus me deu um grande presente: casei-me com Susana Irene Lopes, natural de Oberá. O tempo foi passando e o Senhor foi me preparando para fazer a sua obra. A igreja onde estávamos começou a enfrentar alguns problemas em relação à palavra de Deus. Em momento algum eu queria entrar em choque com a minha liderança.

Minha esposa já não frequentava mais esta igreja. Permaneci orando e buscando uma direção para minha vida e para a minha família. Foi então que escutei um programa de rádio, de um missionário Herói da Fé. Era o Missionário Antônio Carlos. Neste programa, num sábado, ele convidava os fiéis da congregação para participarem do culto de Santa Ceia. Decidi ir! Ao chegar, o Missionário Antônio Carlos me recebeu muito bem. Todos os irmãos me receberam muito bem. Senti muito forte a presença divina neste culto.

Após o culto convidei o missionário Antônio Carlos para visitar a minha casa. Sem perder tempo, ele foi na segunda-feira. Ele fez uma campanha visitando-nos toda segunda feira. Após cinco visitas, minha esposa acabou decidindo congregar. Minha esposa estava há seis meses sem ir à igreja onde congregávamos. Após um tempo, ele me colocou como segundo encarregado da igreja na cidade de Campo Grande. Hoje, olho para trás e vejo que tudo ocorreu na direção de Deus para nossa vida.

Minha esposa se fortaleceu rapidamente, e logo estava trabalhando como professora da Escola Bíblica para as crianças. A obra de Deus se estabeleceu rapidamente em nossa vida. Recebi diversas mensagens proféticas, dizendo que o Senhor entregaria um trabalho em minhas mãos. Logo em seguida, o nosso missionário, Antônio Carlos, teve que retornar para o Brasil. Antes, porém, ele disse: “te prepara, pois vou entregar a direção da igreja para você”. Eu lhe disse: “Pastor, não tenho condições para assumir a igreja”. Logo ele chamou o Missionário Jorge Silva, que, com outros missionários, oficiaram a minha posse como encarregado. Num sábado, assumi o pastorado da igreja na cidade de Campo Grande. Minha esposa, que hoje é diaconisa, além do trabalho com as crianças, também está trabalhando com a União Feminina.

Nossos cultos são realizados nas terças-feiras, sextas-feiras, sábados e domingos.
Missionário Luiz Ervino Knass, Susana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here